16 de janeiro de 2009

A mulher de um milhão de euros

.
Período de férias no jornal. E para cobrir a lacuna deixada por um colega repórter que curte o merecido descanso ao lado da família, quem sabe em alguma bela praia catarinense, fui deslocado das reportagem de política para O Diário Online.

Sim, ao menos em janeiro, escrevo notas curtas para o site, compilo reportagens de agências, atualizo a página com as principais matérias de O Diário do dia seguinte. Em suma, edito o "jornal virtual" interinamente.

Numa dessas - sob o princípio de que quanto mais lida for a matéria, melhor - publiquei no site a história de uma jovem americana de 22 anos que está leiloando a virgindade para pagar os estudos. Alguém já ofereceu mais de 3 milhões de dólares para ser o primeiro homem na vida da moça.

Na lista das mais lidas de O Diário, foi a matéria mais acessada do site por dois dias. Conseguiu deixar para trás as matérias policiais, normalmente as mais procuradas pelos leitores. Logo, precisava de um novo assunto bombástico, só não esperava conseguir outro semelhante.

Pois nesta sexta-feira (16), no giro pelas agências de notícias, deparo-me com a história de uma ex-BBB da tevê italiana (Rafaelle Fico, na foto) que, vejam só, está vendendo a virgindade. Nada de leilão, ela já fixou o preço em um milhão de euros. E um apresentador de telejornal de lá já ofereceu a metade do valor que ela quer (se ninguém cobrir a oferta, ela disse que dorme com ele).

Não conferi depois de publicar, mas quem sabe já esteja entre as mais lidas do site, como o foi com a outra.

Em tempos modernos, com meninas perdendo a virgindade cada vez mais cedo - e com qualquer um, para depois lamentar pelos cantos -, há quem prefira esperar um pouquinho para "valorizar o passe". Ao menos terão dinheiro para pagar os estudos, de várias gerações se for preciso.
.

3 comentários:

Anônimo disse...

sei lah.. sendo bem cinico.. ao meu ver, isso de virgindade eh fetixe de homem com o "p" pequeno..

depois q baratiar o produto ae, ve se acha uma vaguinha para mim.. hehehe

abcao LF!!

Eiguel Ribeiro

Anônimo disse...

Hallo Fernando,

wie geht es dir? lange nicht von dir gehört.

alles gut!
Rohullah DW Radio

LF Cardoso disse...

Rohullah, do comentário acima, é um afegão que conheci quando estagiei na Alemanha... bons tempos. Estudamos na mesma turma de alemão.

O amigo escreveu:

"Olá Fernando,
como vai você? Quanto tempo sem ouvir falar de ti.

Tudo de bom!"

Quem está na cola do LF