10 de janeiro de 2011

Almôndegas nota dez

.
#microconto

I

Namorada convida o amado para almoçar. No cardápio: almôndegas com arroz branco. Rápido, prático e gostoso;

II
Ele come (as almôndegas)... e repete, duas vezes. O amor faz milagres: almôndegas podem ficar mais saborosas que costela de fogo de chão;

III
Fosse um almoço virtual (como dessas fazendinhas do Facebook), ele certamente teria dado "curtir" para as almôndegas dela!

IV
Para cumprir o trato, ele foi à locadora. Na tarde chuvosa, passariam a tarde juntinhos, assistindo a um bom filme;

V
Rocky Balboa!

VI
Ela não curtiu. Brava, assistiu ao começo, até cochilar. Mulheres não sabem apreciar um clássico;

VII
Ele subiria as escadarias do Museu de Arte da Filadélfia, como fez Rocky no cinema, se tivesse dinheiro para ir aos EUA;

VIII
Ela, se pudesse voltar atrás, não teria preparado as deliciosas almôndegas. Preferia Titanic... ou qualquer filme com DiCaprio;

IX
Ele se emocionou com a última vez de Rocky nos ringues, procurando contextualizá-la sobre a importância daquela luta histórica.

X
Ela cochilou durante o assalto final... talvez tenha sonhado com o namorado ideal, que assistiria à novela com ela, toda noite;

XI
Rocky Balboa perdeu, mas as almôndegas estavam ótimas. Ponto para a namorada!
.

6 comentários:

Ana Cláudia Covo disse...

hahahahaha, muito bom!

Inês disse...

Adoreiii...rsrsrs..muito bom, parabéns pela criatividade. Bjos

LF Cardoso disse...

Uhuuull... pela primeira vez vejo a namorada comentar por aqui. Sinal de que o microconto ficou razoável. Aliás, trata-se de uma história baseada em fatos reais.

Do Autor.

Diniz Neto disse...

Muito bom!

tais ac filha do rei disse...

adorei primo

demais, eu também cochilaria assistindo Balboa.
mas gosto de almôndegas menos que de churrasco e prefiro assar carne a cozinhar almôndega

Eugênia disse...

Ótima! Como todas as suas crônicas. E acompanho mesmo!

Quem está na cola do LF